Pular para o conteúdo principal

Receita de batata calabresa

Aprendi esta receita com a Angela Morata. Quando executei mudei alguns detalhes...
Como sabem, cada um que conta um conto aumenta um ponto....
Tinham várias visitas lá em casa no dia que fui fazer a receita. O pessoal mal esperou ficar pronta para comer o vidro quase todo. A foto que eu tinha tirado náo ficou muito boa, mas nem tive a oportunidade de tirar outra.
O ideal é que a conserva de batata descanse pelo menos 3 dias antes de ser consumida (caso não pasteurize). Se pasteurizar a conserva, poderá manter por pelo menos 1 mes antes de consumi-la. Ficará melhor ainda. Esta é a vantagem da conserva, pode mante-la por mais tempo "curtindo"antes de consumi-la.
Segue aqui a receita. Espero que gostem...


Batata calabresa pronta



Ingredientes:

Batatinha para fazer a receita


2,5 kg de batatinha para fazer batata calabresa
(Quanto menor estiver a batata mais gosto pegará).
1 xícara de vinagre de maça.
1 vidro de 3 kg com tampa nova (compre o galão de 5 litros, sai mais em conta)
Aproximadamente 2,5 litros de azeite virgem
500 g de azeitona preta com semente



Fazendo o Mix do tempero para colocar na batata


Temperos:

1 colher de sobremesa de mostarda em grão preta
2 colher de sobremesa de mostarda em grão amarela
4 colheres de sobremesa de folhas de alecrim desidratado
1 colher de sobremesa de cúrcuma
1 colhrer de sobremesa de páprica picante
1 colher de sobremesa de alecrim
1 colher de sobremesa de cebolinha desidratada
3 colheres de sobremesa de orégano
1 colher de sopa de sal grosso
1 colher de sobremesa de manjericão desidratado
1 colher de sopa de alho em lascas desidratado
1 colher de sobremesa de pimenta calabresa com as sementes
 (opcional, tem pessoas que gostam com mais ou menos pimenta. Teste e coloque á gosto.)

Batatinha pronta para ir ao forno


Cozinhe a batata ao dente (deixe-a um pouco dura pois terminará de cozinhar no forno).
Misture todo o tempero, a batata cozida e 1 xícara de azeite. Mexa bem.
Leve ao forno médio, pré-aquecido até começar a dourar.
Retire do forno e coloque em um pote de 3 kg previamente lavado e seco
(secar no forno - se quiser guardar fora da geladeira vide publicação sobre pasteurização).

Pote de 3 kg com tampa nova

Adicione o vinagre e complete com azeite.
Limpe a boca do vidro com álcool e tampe.
Coloque o vidro em uma panela com água de deixe ferver por 20 minutos depois que a água começar a borbulhar.
Após ferver em banho maria, coloque a panela em baixo de uma torneira e troque gradativamente a água quente pela fria.
Não deixe a água fria encostar diretamente no pote, pois irá rachar.
Guarde por 30 dias antes de consumir.
Se for colocar na geladeira, consuma em no máximo 15 dias.

Batata calabresa pronta - aqui usei a pimenta calabresa
em pó por falta da outra. A pimenta com sementes fica com
um visual ainda mais atraente.

Comentários

  1. Gostei da receita , só não sei se vai ficar igual rsrs

    ResponderExcluir
  2. Fiz a receita e ficou maravilhosa. Todos gostaram muito. Obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, onde compro esse tipo de recipiente no Rio?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compre no Mercadão de Madureira. Lá tem tudo que você precisar.
      Boa sorte!!!

      Excluir
  4. Nao entendi o final. é para colocar o vidro numa panela com agua e deixar ferver com as batatas dentro?

    ResponderExcluir
  5. Nao entendi o final. é para colocar o vidro numa panela com agua e deixar ferver com as batatas dentro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim.
      Só se for pasteurizar.
      Se for consumir logo vc não precisa pasteurizar, pode manter na geladeira.

      Excluir
  6. Vou pasteurizar. Posso por para consumo em 03 dias, ou preciso aguardar os 30 dias ??? Obrigada.

    ResponderExcluir
  7. Pasteurizando, posso começar a consumir em 03 dias ou terei que aguardar o 30 dias ???
    Obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Conserva de Berinjela Siciliana

Receita antiga, com o passar do tempo e a liberdade maravilhosa que a cozinha nos proporciona, ganha um toque aqui, uma pitada ali e vai se transformando na sua receita daquele prato tradicional. Com a conserva de berinjela siciliana não é diferente! Hoje eu trago a versão do culinarista Álvaro Rodrigues, adaptada por Aline, do blog Delícia dos 30 http://deliciasdos30.blogspot.com.br . Eu testei e aprovei!
Sempre usei a receita ensinada pela professora Ângela Morata que é um pouco diferente, mas agora inseri esta nova versão no meu caderno. Se eu fosse você não deixaria de anotar e, principalmente, de fazer, com a certeza do sucesso garantido seja para receber uns amigos, presentear junto a uma garrafa de vinho ou saborear com a família.
Gostei muito da forma com que a Aline, que diz que a receita abaixo é uma versão Berinjela Picante do Álvaro Rodrigues, ilustrou o passo a passo e, por isso, resolvi colocá-lo aqui. Ela tirou da receita dele três ingredientes por opção. Uva passa, pimen…

Biscoito de Nata e Goiabada

Quando vai chegando o fim da tarde, junto vem aquela vontade de fazer um lanchinho. Que tal um biscoitinho com café? Adoro fazer biscoitos! Comer então, nem se fala! Vivo procurando receitas gostosas e diferentes, Numa destas buscas, encontrei o beliscão de nata e goiabada no blog Cozinha e Poesia http://cozinhaepoesia.blogspot.com/ . Maravilhoso!!!
Testei, aprovei e resolvi compartilhar aqui com vocês. Preparem os vidros que esta receita rende cerca de 150 biscoitos. Quanto tempo isso vai durar na sua casa? Ou você está pensando em comercializar? Um beliscão com gosto de quero mais pra comer a qualquer hora é sucesso garantido. Arregacem as mangas, lavem as mãos e vem comigo pra cozinha!

Ingredientes:2 avos médios1 xícara (chá) de nata retirada do leite integral1 colher (sopa) de manteiga2 colheres (sopa) de açúcar1 colher (sopa) de fermento em pó2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigoRaspas de limão400 gr. de goiabada cortada em tirinhasAçúcar para finalizar e envolver os biscoitos
P…

Como Limpar o Fogão Industrial

Olá galera! Hoje resolvi compartilhar minhas descobertas em relação a limpeza do fogão industrial. Já apanhei tanto para limpar o meu, que achei interessante dividir com vocês o que aprendi até aqui. A experiência me mostrou que manutenção de equipamentos é uma coisa muito importante e o fogão é o coração da nossa cozinha, né?! Temos que cuidar bem dele. Uma cozinheira que trabalhou comigo, me ensinou alguma coisa que uso e aprovo. 
Na hora de limpar o seu fogão, tome muito cuidado para não molhar a parte interna das bocas, apenas passar uma escova de aço. As que eu mais gosto, são as de dentes, pequenos e duros, porque ajuda a chegar nos lugares mais difíceis. Para lavar a chapinha e as grades uso bombril ou palha de aço e, de tempos em tempos, é legal pincelar óleo de cozinha, deixar escorrer e secar com papel toalha. Limpe o resto do fogão com bucha e detergente.


E agora, será que acende? Vamos recolocar as peças no lugar e acender todas as bocas pra testar, mas relaxa que vai dar cer…