Pular para o conteúdo principal

Gengibre Cristalizado


Há tempo de plantio e tempo de colheira. A natureza é perfeita! Mas se a gente quer consumir o alimento fora da sua sazonalidade, precisamos aprender a conservá-lo de forma natural. Existem algumas técnicas para isso e a cristalização é uma delas, sabia? Pois é! O açúcar, tão condenado por muitos, é um dos principais conservantes naturais que temos, e por isso, podemos fazer dele nosso aliado na cozinha.  Hoje escolhi o gengibre, mas podemos cristalizar frutas e vegetais com a mesma técnica.

Onde não há umidade os microrganismos não se desenvolvem! É aí que entra a cristalização na conservação dos alimentos, pois é um processo de secagem, super antigo, que elimina água e garante um ambiente livre de contaminação. O método é um pouco demorado, mas com ele conseguimos validade de até dois anos em nossos produtos. Existem outros métodos mais rápidos, mas não garantem uma validade tão longa.



Ingredientes:
- 2 kg de gengibre
- 1,400 kg de açúcar cristal
- 1 l d'água
- Cravo e canela em pau a gosto

Preparo:
- Coloque o gengibre de molho de um dia para o outro
- No dia seguinte, escorra e passe a colher para retirar a casca 
- Fatie, em fatias finíssimas, com o auxilio do ralador, mandolina ou faca afiada
- Faça uma calda grossa com 1 kg de açúcar para 1 litro de água
- Acrescente cravo e canela a gosto, se quiser
- Acrescente o gengibre e deixar cozinhar até ficar transparente
- Tampe e deixe descansar até o dia seguinte. 
- No dia seguinte, coloque mais 200 g de açúcar e deixar ferver
- Tampe e deixe descansar novamente até o dia seguinte 
- No terceiro dia, coloque mais 200 g de açúcar e deixar ferver
- Escorra, de um dia para o outro, em um escorredor ou peneira
- Quando estiver quase seco, mais ainda úmido, passe um por um no açúcar cristal e levar ao sol em um tabuleiro de alumínio coberto com um voal. Se, quiser secar mais rápido, ponha o tabuleiro no telhado. Também é possível usar um desidratador, neste caso desidratar por 24 horas a 45 graus.
- Mexer para secar dos dois lados.

Pronto! É hora de embalar e saber que a qualquer tempo você poderá saborear o vegetal colhido na época certa. Use sempre o gengibre novinho, aquele que você vê que está macio, com a casca fina. Com a calda que sobrar podemos fazer xarope, suco, quentão, fermentados ou sua imaginação mandar.  Não desperdice! Lembre-se de guardar em embalagem bem fechada para evitar a entrada de ar. Aqueles vidros de biscoitos são ótimos! Delicie-se e faça bons negócios! 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conserva de Berinjela Siciliana

Receita antiga, com o passar do tempo e a liberdade maravilhosa que a cozinha nos proporciona, ganha um toque aqui, uma pitada ali e vai se transformando na sua receita daquele prato tradicional. Com a conserva de berinjela siciliana não é diferente! Hoje eu trago a versão do culinarista Álvaro Rodrigues, adaptada por Aline, do blog Delícia dos 30 http://deliciasdos30.blogspot.com.br . Eu testei e aprovei!
Sempre usei a receita ensinada pela professora Ângela Morata que é um pouco diferente, mas agora inseri esta nova versão no meu caderno. Se eu fosse você não deixaria de anotar e, principalmente, de fazer, com a certeza do sucesso garantido seja para receber uns amigos, presentear junto a uma garrafa de vinho ou saborear com a família.
Gostei muito da forma com que a Aline, que diz que a receita abaixo é uma versão Berinjela Picante do Álvaro Rodrigues, ilustrou o passo a passo e, por isso, resolvi colocá-lo aqui. Ela tirou da receita dele três ingredientes por opção. Uva passa, pimen…

Biscoito de Nata e Goiabada

Quando vai chegando o fim da tarde, junto vem aquela vontade de fazer um lanchinho. Que tal um biscoitinho com café? Adoro fazer biscoitos! Comer então, nem se fala! Vivo procurando receitas gostosas e diferentes, Numa destas buscas, encontrei o beliscão de nata e goiabada no blog Cozinha e Poesia http://cozinhaepoesia.blogspot.com/ . Maravilhoso!!!
Testei, aprovei e resolvi compartilhar aqui com vocês. Preparem os vidros que esta receita rende cerca de 150 biscoitos. Quanto tempo isso vai durar na sua casa? Ou você está pensando em comercializar? Um beliscão com gosto de quero mais pra comer a qualquer hora é sucesso garantido. Arregacem as mangas, lavem as mãos e vem comigo pra cozinha!

Ingredientes:2 avos médios1 xícara (chá) de nata retirada do leite integral1 colher (sopa) de manteiga2 colheres (sopa) de açúcar1 colher (sopa) de fermento em pó2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigoRaspas de limão400 gr. de goiabada cortada em tirinhasAçúcar para finalizar e envolver os biscoitos
P…

Como Limpar o Fogão Industrial

Olá galera! Hoje resolvi compartilhar minhas descobertas em relação a limpeza do fogão industrial. Já apanhei tanto para limpar o meu, que achei interessante dividir com vocês o que aprendi até aqui. A experiência me mostrou que manutenção de equipamentos é uma coisa muito importante e o fogão é o coração da nossa cozinha, né?! Temos que cuidar bem dele. Uma cozinheira que trabalhou comigo, me ensinou alguma coisa que uso e aprovo. 
Na hora de limpar o seu fogão, tome muito cuidado para não molhar a parte interna das bocas, apenas passar uma escova de aço. As que eu mais gosto, são as de dentes, pequenos e duros, porque ajuda a chegar nos lugares mais difíceis. Para lavar a chapinha e as grades uso bombril ou palha de aço e, de tempos em tempos, é legal pincelar óleo de cozinha, deixar escorrer e secar com papel toalha. Limpe o resto do fogão com bucha e detergente.


E agora, será que acende? Vamos recolocar as peças no lugar e acender todas as bocas pra testar, mas relaxa que vai dar cer…