"O melhor da gastronomia embalado para viagem."

... Cozinhar é também fazer poesia. É abrir ouvidos, olhos, boca e nariz para perceber o que faz sentido entre temperos e medidas. É entrar neste estado de coisas latentes e cavar o silêncio....
Juliana Venturelli

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Poema devorando o Mundo - James Tipton

... Deixo com vocês uma parte do poema “Devorando o Mundo”, de James Tipton.
Esta versão aí de baixo foi publicada, traduzida, no livro Afrodite, da Isabel Allende. Acho muito apropriado para o tema de hoje. Cozinhar é também devoção, entrega e amor.
 
boca.jpg


Devorando o mundo
“Nasci com a boca aberta…

entrando neste mundo suculento

de pêssegos e limões e sol maduro

e esta rosada e secreta carne de mulher;

este mundo onde a ceia está

no hálito do deserto sutil

nas espécies do mar distante

que flutuam no sonho tarde da noite.
Nasci em alguma parte entre

o cérebro e a romã

saboreando as texturas deliciosas

de cabelo e mãos e olhos,

nasci do cozido do coração,

do leito infinito, para caminhar

sobre esta terra infinita.
Quero alimentar-te com as flores de gelo

desta janela de inverno,

dos aromas de muitas sopas,

do perfume de velas sagradas

que por esta casa de cedro me persegue.

Quero alimentar-te com a lavanda

que se desprende de certos poemas,

e da canela de maçãs assando,

e do prazer simples que vemos

no céu quando nos apaixonamos.

Quero alimentar-te com a terra acre

onde colhi alhos,

quero alimentar-te de memórias

surgindo dos troncos de álamo

quando os parto

e da fumaça de pinhões

que se junta em torno da casa em uma noite quieta,

e dos crisântemos na porta da cozinha (…)”

http://www.guloseima.net/2009/04/07/cozinha-e-letras/

Imagem copiada do site : http://desencaixe.wordpress.com/2007/03/04/comer/bocajpg/

Nenhum comentário:

Postar um comentário