"O melhor da gastronomia embalado para viagem."

... Cozinhar é também fazer poesia. É abrir ouvidos, olhos, boca e nariz para perceber o que faz sentido entre temperos e medidas. É entrar neste estado de coisas latentes e cavar o silêncio....
Juliana Venturelli

domingo, 10 de julho de 2011

Mistura fina vai a Agroind 2011- Feira da agricultura familiar de Lajeado - RS

Página inicial


Feira reforça propósito de valorizar cadeia da agricultura familiar






Entre os dias 13 a 17 de julho de 2011, na cidade de Lajeado, RS, será realizado a Feira Nacional de Máquinas, Equipamentos, Produtos e Serviços para a Agroindústria Familiar - AGROIND FAMILIAR 2011.
A Agroind é uma iniciativa pioneira no país que integra toda a cadeia da agroindústria familiar - prestadores de serviços, produtores de máquinas e equipamentos, pequenas agroindústrias e consumidores ávidos por produtos da agroindústria. A 1ª edição, em abril de 2008, foi um grande sucesso. Espera-se repeti-lo agora.

A organização é da Associação Comercial e Industrial de Lajeado - ACIL , Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari - CIC-VT , Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul - Famurs e Prefeitura Municipal de Lajeado. E tem apoios da Associação dos Municípios do Vale do Taquari - Amvat, Associação dos Secretários Municipais da Agricultura do Vale do Taquari - Asamvat, Emater/RS, Sebrae/RS, Senar/RS, Fetag/RS, Fetraf/Sul, MPA/RS, Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA - e da Secretaria Estadual da Agricultura Pecuária, Pesca e Agronegócio - SEAPPA.



COMERCIALIZAÇÃO POTENCIAL
A Agroind combina linhas de crédito acessíveis - especialmente constituídas pelos agentes financeiros presentes -, fornecedores de produtos e serviços e agroindústrias familiares, para que descubram oportunidades e realizem negócios. Espera-se a participação de mais de 260 agroindústria familiares do Rio Grande do Sul e dos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais, que deverão expor e vender seus produtos diretamente ao consumidor, além de comitivas de compradores organizadas pelo Sebrae/RS.
PREVISÃO DE PÚBLICO
Mais de 50 mil pessoas devem passar pela feira, incluindo o público formado por dezenas de caravanas de pequenos produtores rurais, agroindústrias familiares e técnicos ligados ao setor. Grupos articulados pela Famurs, Sindicatos de Trabalhadores Rurais, Emater e Organização das Cooperativas do RS - Ocergs. Além disso, o Vale do Taquari tem 320 mil habitantes e Lajeado é próxima do Vale do Rio Pardo, Região Metropolitana e Serra - regiões com aeroportos em Porto Alegre e Caxias do Sul.
NOVO MARCO LEGAL PARA A AGROINDÚSTRIA FAMILIAR
O evento, que conta com os apoios dos ministérios do Desenvolvimento Agrário - MDA - e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA -, possibilitará o detalhamento, a capacitação e o estímulo necessário para a implantação do Suasa, que permitirá produção de qualidade, comercialização ampla e dentro da legislação para milhares de agroindústrias.
Uma mostra do que reserva a segunda edição da Agroind Familiar foi conhecida nesta quinta-feira à noite (02.06). O lançamento da 2ª Agroind Familiar - Feira Nacional de Máquinas, Equipamentos, Produtos e Serviços reuniu expositores, prefeitos, lideranças e imprensa no Parque Histórico de Lajeado. No salão de baile do início da colonização - Salão Troller - o público fez um resgate do passado, apreciou produtos do campo e da agroindústria familiar que decoraram o ambiente, e ainda saboreou o coquetel a caráter, com leite, linguiça e outras tantas opções do tipo. Para o presidente da comissão organizadora, Oreno Ardêmio Heineck, esta feira é uma referência para o desenvolvimento econômico e social da agricultura familiar. "Precisamos oferecer instrumentos para que a juventude permaneça no meio rural produzindo alimentos. O desafio é fazer com que agricultura familiar seja viávelofereça uma vida digna e por que não com o conforto que as pessoas têm na cidade. Só assim essas pessoas terão condições e motivação para continuar", declarou Heineck. Para ele, a feira cumpre esse papel ao oportunizar uma vitrine para as agroindústrias familiares, oferecer informações técnicas e capacitação para os produtores rurais, além de desenvolver os setores do seu entorno, através da exposição de fornecedores de máquinas e equipamentos.

Café colonial é novidade na feira

     
Além de conferir o potencial das agroindústrias familiares, os visitantes da 2ª Agroind Familiar - Feira Nacional de Máquinas, Equipamentos, Produtos e Serviços para a Agroindústria Familiar vão ter a oportunidade de saborear um café colonial com produtos das propriedades rurais.
A novidade desta edição vai ao encontro do tema da feira, "O melhor do Brasil está na mesa", e vai destacar o que é produzido pelas agroindústrias familiares de todo o País. O café colonial estará localizado no Pavilhão 4 do Parque do Imigrante e vai funcionar no dia 13 à noite e durante os demais dias da feira das 10h30min às 22h. Sob o comando de Sandra Buffet, serão servidos cucas, bolos, linguiça, morcilhas, tortas, queijos, sobremesas, frios, pães, entre outras delícias. O valor será de R$ 20,00.
A 2ª Agroind Familiar começa na próxima semana, no dia 13, e segue até o dia 17 de julho no Parque do Imigrante, em Lajeado. Tem confirmada a presença de 194 agroindústrias familiares, oriundas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Exposição de empresas fornecedoras de máquinas, bens e serviços, além de eventos técnicos também serão destaques da feira.
O evento é uma organização da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). Tem na promoção a Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC-VT), Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul.
http://www.agroindfamiliar.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário