"O melhor da gastronomia embalado para viagem."

... Cozinhar é também fazer poesia. É abrir ouvidos, olhos, boca e nariz para perceber o que faz sentido entre temperos e medidas. É entrar neste estado de coisas latentes e cavar o silêncio....
Juliana Venturelli

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Trajédia na região serrana não atinge Lumiar




Caros Amigos,
Bom dia.
Devido a pré-ocupação de nossos amigos e clientes devido a catástrofe que atingiu a região serrana, estou escrevendo esta nota para que fiquem tranquilos.
Lumiar, São Pedro da Serra e Boa Esperança ficaram intactos....
Nós estamos todos bem, assim como nossos amigos também.
Apesar de termos sobrevivido a tragédia estamos de Luto. Uma tristeza profunda nos assola.
Profissionalmente continuamos com as atividades da agroindustria Mistura fina, apesar da escacês de matéria prima e das altas de preço, estamos conseguindo manter a produção.
As atividades de cursos no Sitio Abaetetuba estão suspensas temporariamente, porém, os cursos e workshops podem ser ministrados em outras localidades, caso haja interesse.
Muito obrigada pela atenção e pré-ocupação de todos
Um abraço
Marta de Abranches


                                   
                                        Abril de 2009 - Vista aérea do centro de Nova Friburgo - RJ,
                                                      antes da tragédia das chuvas        
                                                     Fonte : http://acervonovafriburgo.blogspot.com
Lumiar após as chuvas - A Voz da Serra (Jornal Local)
Matéria divulgada na edição 19/01, do jornal friburguense A Voz da Serra, sobre Lumiar e região durante e após a tragédia em Nova Friburgo:
"Lumiar e São Pedro da Serra, quinto e o sétimo distritos de Nova Friburgo foram duas localidades que sofreram poucas consequências das chuvas da última semana, se comparadas ao restante da região serrana. Os telefones ficaram sem funcionar entre a madrugada de quarta-feira, 12, e a terça-feira, 18. O mesmo se deu com o fornecimento de energia elétrica, que só foi restabelecido no domingo, 16, à tarde.
O acesso à Nova Friburgo também esteve prejudicado, enquanto a Estrada Serramar não teve grandes problemas. Na estrada entre Lumiar e São Pedro da Serra, na altura da localidade de Benfica, aconteceu um pequeno deslizamento, situação que pode se agravar se não forem tomadas as providências necessárias, de acordo com o engenheiro civil Carlos Pinto, morador de São Pedro. Uma equipe da Defesa Civil está baseada no local, de onde sai para fazer patrulhas.
Além disto, o que aconteceu foi uma grande alteração na vida diária dos moradores, que foram obrigados a mudar de hábitos. A procura por velas e pilhas foi grande, em parte suprida por Casimiro de Abreu, onde se chegava com relativa facilidade, quando se tinha meio próprio de transporte. Sem luz, sem telefone, sem ônibus e praticamente sem ligação com Nova Friburgo, parte da população de Lumiar passou a se encontrar periodicamente na praça Carlos Maria Marchon, onde dois bares usavam geradores de energia e tinham televisões que transmitiam os noticiários.
Nesses encontros havia também troca de informações conseguidas através do rádio. Uma curiosidade é que os aparelhos de rádio passaram a funcionar muito melhor, na falta de artefatos elétricos. Embora esses encontros tenham acontecido, cada vez com mais gente – especialmente na sexta-feira, 14, quando foi ao ar o último capítulo da novela Passione, da TV Globo –, não havia aí qualquer caráter festivo. Ao contrário, o sentimento generalizado era de sofrimento, com grande ansiedade por notícias de parentes, amigos e conhecidos.
Em função do pesar foram suspensas as festividades que aconteceriam na próxima quinta-feira, 20, em comemoração aos 120 anos de Lumiar, organizadas pela Igreja Católica. Apenas foram mantidas as missas programadas e a procissão, esta se não chover, depois da última missa, das 18h. Da mesma maneira, a Sociedade Musical Euterpe Lumiarense cancelou a primeira apresentação da banda reorganizada, que aconteceria no sábado, 22.
O posto de saúde de Lumiar esteve funcionando em regime especial, atendendo sem interrupção, desde sábado, 15, até a manhã da terça-feira, 18, com dois médicos da PM, que chegavam ao campo de futebol em helicópteros. A partir da quarta-feira, 19, volta ao funcionamento normal, das 8h às 17h, com intervalo para almoço entre 12h e 13h.
As igrejas Católica e Presbiteriana estão recolhendo donativos para as vítimas das chuvas."




Nenhum comentário:

Postar um comentário